P&D

DEPARTAMENTO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DA

BIO-AMBIENTAL SISTEMAS DE SANEAMENTO LTDA

PANORAMA GERAL

O departamento de P&D da Bio-Ambiental foi criado em setembro de 2.009, com o objetivo de aprimoramento técnico do sistema de produção industrial e desenvolvimento de novos produtos.

A empresa, fundada em 1997, já era de forma pioneira, uma das poucas empresas de biotecnologia no Brasil a apresentar uma planta de produção em escala industrial de produtos biorremediadores. Em abril de 2010foi estabelecido um novo conceito na produção industrial, juntamente com o aprimoramento do Controle de Qualidade Interno, incluindo adaptações de técnicas laboratoriais.

Desta forma consolidou-se o P&D como ferramenta primordial para o sucesso na utilização deprodutos e serviços, em diversas situações chaves para o estabelecimento da empresa como opção viável e acessível nas necessidades de soluções sustentáveis no tratamento de efluentes. Cada produto lançado agrega a eficiência, satisfação de resultados, e nenhum passivo ambiental, que em essência, atende a filosofia maior da empresa.

PRODUTOS DESENVOLVIDOS

Uma das áreas estabelecidas pelo P&D foi a prospecção de micro-organismos com potencial para utilização na produção de biorremediadores. Metodologias, técnicas e testes foram elaborados para a observação de micro-organismos típicos, obtidos após exaustiva seleção, até a formatação básica da formulação a ser utilizada. A produção em escala industrial foi alterada de acordo com necessidade de maximizar a eficiência de cada produto, adaptando-se a planta industrial as situações observadas. Como resultado prático, os produtos alcançaram resultados extremamente satisfatórios, com dosagens e aplicações menores do que as estabelecidas anteriormente.

Com as informações geradas nas etapas de pesquisa, aliadas com as necessidades e dificuldades enfrentadas no dia a dia no tratamento de efluentes, foram lançados, um produto biorremediador em gel, e um neutralizante encapsulador de odores a base de água.

O produto em gel dispensa a necessidade de ativação do produto, comumente observada em produtos em pó, o que reduz o trabalho de manipulação e aplicação, além de uma maior rapidez na obtenção de resultados. Além disso, os custos na sua produção são menores em comparação ao produto em pó. O produto neutralizante de odores, a base de água, com extrato de plantas, demonstrou grande aceitação por sua eficiência e baixa toxicidade, com grande rendimento de dosagens em comparação com produtos similares.

Cabe ressaltar que todos esses produtos são registrados nos órgãos competentes (IBAMA, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E ANVISA), com laudos e análises laboratoriais de laboratórios da rede REBLAS.

PROJETOS

O grande potencial dos micro-organismos utilizados pela Bio-Ambiental, ainda não foram satisfatoriamente explorados. Com base nas pesquisas, o departamento de P&D, trabalha com diversas aplicações de produtos a serem desenvolvidos com base nos micro-organismos:

Projetos de Produtos de Liberação Controlada

Projeto BIOTABLET

Produto que apresenta uma liberação constante de micro-organismos no local de utilização, dispensando a necessidade de aplicações freqüentes, facilitando a logística, acelerando os resultados, e diminuindo os custos de tratamento. A fase de testes foi extremamente satisfatória, e aguarda o envio de amostras para laboratório credenciado, para iniciar o processo de registro.

Projeto BIOPÉROLAS

Produto apresenta o mesmo princípio do BioTablet, ainda na fase de testes, que apresenta potencial para utilização como probiótico de animais e humanos, tratamento de efluentes em situações específicas, como na aqüicultura e formação de biofilmes para reatores.

Projeto BIOCOMPOS

Projeto para delineamento de produto para tratamento de resíduos sólidos para compostagem, como areia e lodo de ETE. Obteve excelentes resultados com amostra de areia da SABESP. Projeto na fase de testes.

Projeto INOCULANTE

Projeto de produto para inoculante de raiz, a base de endofíticos, para melhoramento de lavouras de tomate, evitando-se a utilização de agro-defensivos. Projeto na fase de testes laboratoriais.

Projeto BIOGÁS

Ainda em fase de planejamento, com auxílio de pesquisadores do Instituto Federal de Goiás, a utilização de micro-organismos e processos adaptados para aumento da eficiência de Biogás, a partir de diversos resíduos e efluentes industriais.